maio 2016 | Grupo Verde Ghaia
×

É agora!!! Webinar ISO 9001 versão 2015


 

WEBINAR ISO 9001 versão 2015

Participe agora do Webinar ISO 9001 versão 2015, on-line e gratuito.

Acesse o Canal da Verde Ghaia no YouTube: CLIQUE AQUI

Vale ressaltar que o Grupo Verde Ghaia tem vários vídeos em seu Canal para você acessar de onde estiver e quando precisar.

Caso queira fazer um curso à distância, acesse o nosso EAD. Não perca tempo!

CERTIFICADOS

Ao final do Webinar você poderá solicitar o seu certificado CLIQUE AQUI

Para mais informações entre em contato com a Gerência de Comunicação e Marketing: comunicacao@verdeghaia.com.br

_________________

Quer saber mais sobre a nova versão da norma?

Confira o material orientativo que a equipe de Consultoria Técnica e Jurídica da Verde Ghaia preparou:

 

e-book iso 9001 versão 2015 grátis

 

 

 

 

 

 

 

 

E-BOOK ISO 9001:2015


Saiba o que é o Plano Nacional de Adaptação à Mudança do Clima


 

O Plano Nacional de Adaptação à Mudança do Clima (PNA), instituído em 10 de maio de 2016 por meio da Portaria nº 150, de 10 de maio de 2016 é um instrumento elaborado pelo governo federal em colaboração com a sociedade civil, setor privado e governos estaduais.

Foi criado também o Grupo Técnico de Adaptação, formado por membros do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), e Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas (FBMC) – representando a sociedade civil, tendo como proposito, promover o movimento entre órgãos e entidades, públicas e privadas visando implementar, monitorar, avaliar e revisar o Plano Nacional de Adaptação à Mudança do Clima.

Como estratégia de adaptação são inseridos o reconhecimento da exposição do país a impactos atuais e futuros com base em projeções de clima, a identificação e análise da vulnerabilidade a esses possíveis impactos e a definição de ações e diretrizes que promovam a adaptação voltada para cada setor.

Seu objetivo é promover a gestão e redução do risco associado à mudança do clima, de forma a aproveitar as oportunidades emergentes, evitar perdas e danos e construir instrumentos que permitam a adaptação dos sistemas naturais, humanos, produtivos e de infraestrutura.

Na elaboração do Plano Nacional de Adaptação à Mudança do Clima (PNA) foram considerados 11 setores, representados pelos órgãos governamentais competentes, sendo eles: agricultura, recursos hídricos, segurança alimentar e nutricional, biodiversidade, cidades, gestão de risco aos desastres, indústria e mineração, infraestrutura, povos e populações vulneráveis, saúde e zonas costeiras.

Assim sendo, o PNA possui como meta constatar onde o fenômeno será sentido com maior intensidade, estimular os setores a desenvolver ações que diminuam as vulnerabilidades de forma vertiginosa, além de aproveitar oportunidades que a mudança do clima deve proporcionar. Principalmente no que diz respeito a eventos extremos, como enchentes, secas prolongadas e cheias, que representem ameaças às populações e aos sistemas produtivos.

Suas metas foram incluídas nas contribuições brasileiras enviadas à ONU para o combate à mudança do clima, tendo como prazo de execução quatro anos.

FONTE: Consultoria Jurídica Verde Ghaia – Felippe Antunes Coelho

Veja assuntos relacionados:

Mudança Climática

Inventário de Emissões de Gases de Efeito Estufa

Carboneutralização

 


Passo a passo da certificação ISO 9001 e ISO 14001


 

Entenda o passo a passo da certificação ISO 9001 e ISO 14001 e saiba como uma Empresa de Consultoria pode auxiliar a sua organização em todas as etapas da implementação de um Sistema de Gestão e na busca pela certificação.

curos EAD auditori interno

Que tipo de organização concede a certificação de gestão da qualidade e de meio ambiente?

As empresas que emitem o certificado da ISO 9001, ISO 14001, entre outras normas, são os Organismos de Certificação de Sistema da Qualidade – OCS. Eles são responsáveis por auditar e validar a conformidade das empresas para emissão do certificado com base nas normas ABNT ISO 9001.

No Brasil existem inúmeros Organismos Certificadores, ou seja, empresas credenciadas e capacitadas a auditar e conceder a certificação. No entanto, no país há apenas um Órgão Acreditador, que tem autoridade para realizar a acreditação da ISO. Trata-se do INMETRO – Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial, fundado em 1973, que tem como objetivo fortalecer as empresas nacionais através do aumento de produtividade e adoção de mecanismos destinados à melhoria da qualidade de produtos e serviços.

Qual a diferença entre um organismo certificador e uma empresa de consultoria?

Diversas pessoas confundem empresas de consultoria com organismos certificadores. Mas a diferença é fácil de ser entendida:

Organismo Certificador: é responsável por auditar as empresas e validar a conformidade delas com os requisitos da norma, para emissão do certificado internacional.

Empresas de Consultoria: são responsáveis por auxiliar as empresas na implementação do sistema de gestão e na adequação aos requisitos da norma. Elas oferecem todo o suporte por meio de diagnósticos, planejamentos, consultorias, treinamentos, modelos de documentos e, até mesmo, auditorias internas, realizadas antes da auditoria externa para a certificação.

Quais são as etapas necessárias para a certificação?

Basicamente, as etapas necessárias para a certificação são: Diagnóstico, Planejamento, Implementação e Auditoria. Em todas as etapas a presença de uma Empresa de Consultoria garante ao processo mais agilidade e efetividade, pois conta com a experiência prática e o conhecimento técnico de Consultores para melhor interpretação das normas, avaliação da realidade da empresa e das necessidades de adequação, orientação dos profissionais envolvidos, realização de treinamentos, uso de modelos de documentos e de boas práticas já implementadas em organizações com cenários similares.

Entenda melhor cada uma das etapas do processo de implementação e certificação:

1. Diagnóstico

Etapa para identificar qual é a situação da empresa em relação aos requisitos da norma desejada, seja ela ISO9001, ISO14001. Com o Diagnóstico é possível avaliar quais serão as ações que deverão ser tomadas para implementar o sistema de gestão. As normas ISO 9001 e ISO 14001 versão 2015 possuem diversos requisitos (1 a 10 com subitens) agrupados de maneira similar no chamado anexo SL. A expertise de uma nessa fase garante mais agilidade ao processo de avaliação da organização e das necessidades de adequação.

2. Planejamento

Etapa para planejar e organizar tudo que deve ser feito para a implementação total do sistema de gestão que seguirá os requisitos da norma. Nesta etapa, leva-se em consideração a complexibilidade das ações, a data pretendida de certificação, a disponibilidade interna e a necessidade da organização. A avaliação de uma Empresa de Consultoria nessa etapa garante o melhor dimensionamento de cada atividade.

3. Implementação

A implementação é a etapa em que se coloca a mão na massa. Neste momento é que serão criados procedimentos e manuais, identificados aspectos da empresa e desenvolvidas as atividades necessárias para adequação aos requisitos da norma. Ter uma Empresa de Consultoria nesta etapa facilitará todo o processo, em virtude da experiência e do conhecimento técnico do Consultor para realização de treinamentos, orientação dos demais profissionais, uso de modelos de documentos, entre outros.

4. Auditoria

Após toda a implementação do sistema de gestão compatível com a norma desejada (ISO 9001, ISO 14001 ou outras), a empresa tem que passar por uma Auditoria Externa, realizada por um Órgão Certificador para receber o certificado.

Antes disso, no entanto, a empresa passa por uma Auditoria Interna, que verifica se realmente está pronta para receber a Auditoria Externa de Certificação. Quando a empresa conta com uma Empresa de Consultoria para a implementação do Sistema de Gestão, a Auditoria Interna é realizada por esses Consultores, o que garante mais imparcialidade e profissionalismo ao processo.

_________________

Quer saber mais sobre as novas versões das normas?

Confira o material orientativo que a equipe de Consultoria Técnica e Jurídica da Verde Ghaia preparou:

e-book iso 9001 versão 2015 grátis e-book iso 14001:2015 grátis
E-BOOK ISO 9001 E-BOOK ISO 14001

Webinar ISO 9001:20015 – tudo o que a sua empresa precisa saber!


 

Participe do Webinar Verde Ghaia e se atualize

Participe do Webinar ISO 9001 versão 2015, on-line e gratuito, que será realizado pela equipe de Consultoria da Verde Ghaia na próxima quinta-feira. Confira as informações

DATA: 19/05/2016

HORÁRIO: 09h30

PREVISÃO DE DURAÇÃO: 30 a 40 minutos, podendo se estender até 01h00, em virtude da interação com os participantes (perguntas)

TEMAS QUE SERÃO ABORDADOS

  • O que vai mudar com a nova versão da norma ISO9001?
  • O que ISO 9001 versão 2015 traz de benefícios e dificuldades para as empresas?
  • O que a empresa precisará fazer para se adequar?

Para participar do Webinar acesse o Canal da Verde Ghaia no YouTube: CLIQUE AQUI

CERTIFICADOS

Ao final do Webinar será informado o link para solicitação do certificado.

Para mais informações entre em contato com a Gerência de Comunicação e Marketing: comunicacao@verdeghaia.com.br

Para mais informações sobre normas ISO e consultoria acesse:

 

_________________

 

Quer saber mais sobre a nova versão da norma?

Confira o material orientativo que a equipe de Consultoria Técnica e Jurídica da Verde Ghaia preparou:

 

e-book iso 9001 versão 2015 grátis

 

 

 

 

 

 

 

 

E-BOOK ISO 9001:2015


NRs 04, 10, 11, 12, 22, 28 e 36 alteradas pelo MTE e Previdência Social


 

No último dia 02/05/2016 foram publicadas no Diário Oficial da União as Portarias do Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS) nº 505, 506, 507, 508, 509, 510 e 511, que alteram respectivamente as normas regulamentadoras (NR´s) nº 11, 22, 28, 10, 12, 04 e 36 do Ministério do Trabalho e Emprego.

Portarias do Ministério do Trabalho e Previdência Social 

O que dizem as novas Portarias do Ministério do Trabalho e Previdência Social 

A Portaria MTPS nº 505, de 29-04-2016 altera o anexo I da NR 11, que trata do transporte, movimentação, armazenagem   e   manuseio   de materiais. O referido anexo aprova o regulamento técnico de procedimentos para movimentação, armazenagem e manuseio de  chapas  de mármore, granito  e  outras  rochas.

Em seguida, a NR 22, que dispõe sobre segurança e saúde ocupacional na mineração, foi alterada pela Portaria MTPS nº 506, de 29-04-2016. Com a alteração, foi incluído no item 22.32.1 da norma a alínea “j”, que trata do estabelecimento de sistema que permita saber com precisão e em qualquer momento, os nomes de todas as pessoas que estão no subsolo, assim como a localização provável das mesmas.

A Portaria MTPS nº 507, de 29-04-2016 altera o anexo II da NR 28, que dispõe sobre fiscalização e penalidades. Nesse sentido, foram inseridos e excluídos no referido anexo os códigos de ementas da NR 12 (segurança do trabalho em máquinas e equipamentos), da NR 18 (condições e meio ambiente de trabalho na indústria da construção) e da NR 34 (condições e meio ambiente de trabalho na indústria da construção e reparação naval).

Mudanças para a sua segurança 

Enquanto a Portaria MTPS nº 508, de 29-04-2016 altera a NR 10, que trata da segurança em instalações e serviços em eletricidade. Assim, a norma passa a vigorar com alterações nos seguintes itens: 10.5.1, alínea “e” (proteção dos elementos energizados existentes na zona controlada); 10.6.1.1 (exigência de treinamento de segurança para trabalhos com instalações elétricas energizadas); 10.6.2 (procedimentos específicos para os trabalhos que exigem o ingresso na zona controlada); 10.7.1 (exigência de atendimento ao item 10.8 da norma para trabalhadores  que  intervenham  em  instalações  elétricas  energizadas  com  alta  tensão,  que exerçam suas atividades dentro  dos limites estabelecidos como zonas controladas  e de risco); 10.7.7 (exigência de desativação/bloqueio dos conjuntos e dispositivos de religamento automático do circuito, sistema ou equipamento para fins de intervenção em instalações elétricas energizadas em AT dentro dos limites estabelecidos como zona de risco); 10.8.8 (treinamento específico  sobre  os  riscos  decorrentes  do  emprego  da  energia  elétrica e  as  principais  medidas  de prevenção de acidentes em instalações elétricas); 10.8.8.1 (autorização para intervenção em instalações elétricas aos trabalhadores  capacitados ou qualificados  e  aos  profissionais  habilitados  que  tenham  participado  com  avaliação  e  aproveitamento satisfatórios dos cursos constantes do Anexo III da NR 10); e 10.11.5 (exigência de que a autorização para intervenção em instalações elétricas, mencionada no item 10.8.8.1, esteja em conformidade com o treinamento ministrado, no previsto Anexo III da norma).

Portarias do Ministério do Trabalho e Previdência Social

Por sua vez, a Portaria MTPS nº 509, de 29-04-2016 altera a NR 12, que trata da segurança no trabalho em máquinas e equipamentos. A redação dos itens 12.5, 12.37, 12.37.1, 12.40, 12.40.1, 12.114, 12.128, alínea “p”, 12.132, 12.132.1, 12.132.2, 12.152.1 foi alterada, bem como o Anexo IV e a ementa do Anexo I, tendo sido revogado o item 12.137.

Já a Portaria MTPS nº 510, de 29-04-2016 altera a NR 04, que dispõe sobre serviços especializados em engenharia de segurança e em medicina do trabalho. Com a alteração, o item 4.3.3 da NR 04 passa a dispor que o serviço único de engenharia e medicina deverá possuir os profissionais especializados previstos no Quadro II da norma.

Por fim, a Portaria MTPS nº 511, de 29-04-2016 inclui o anexo II na NR 36, que dispõe sobre segurança e saúde no trabalho  em  empresas de  abate  e  processamento  de  carnes  e derivados. O anexo incluído estabelece requisitos de segurança específicos para máquinas utilizadas nas indústrias de abate e processamento de carnes e derivados destinados ao consumo humano. Foram ainda estabelecidos prazos escalonados, por estabelecimento, para implementação do disposto no item 1.3 e subitens da NR 36.

FONTE: Consultoria Jurídica Verde Ghaia – Fernanda Veloso Silqueira


Gestão de Segurança de Alimentos: Informativo Verde Ghaia


 

Publicamos hoje a V Edição do Informativo de Gestão de Segurança de Alimentos.

V Edição do Informativo de Gestão 

segurança de alimentos

Produzido por nossa equipe de Consultoria Técnica, o Informativo traz as principais informações sobre Gestão e Obrigações Legais da área de Segurança de Alimentos.

Nesta Edição, os destaques são as publicações da ANVISA:

  • RDC 24/2015 – Documentos da ANVISA sobre recolhimento de alimentos;
  • Alimentos Funcionais – Diretrizes para alimentos com propriedades funcionais.

Confira: CLIQUE AQUI

EDICAO_V_INFO_SEG_ALIMENTOS2

Para mais informações sobre serviços de Iso 22000, Consultoria, Auditoria e Gestão das Obrigações Legais de Segurança Alimentos

Para mais informações sobre normas ISO e consultoria acesse:
Consultoria On-line Verde Ghaia


Você saber como certificar a sua empresa na ISO 9001:2015?


 

A ISO é uma Organização Internacional, não-governamental, para Padronização e Normalização. Ela está sediada em Genebra, na Suíça, e atua de forma independente. Seu objetivo é desenvolver normas reconhecidas que possam ser utilizadas internacionalmente.

O que é ISO 9001 versão 2015?

Hoje a Organização possui membros de aproximadamente 160 países e o representante brasileiro é a ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas. A ISO 9001 é a norma que define os requisitos de um Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ). Uma empresa que possui um SGQ compatível com a norma está apta a receber a certificação de qualidade ISO 9001.

Como obter a certificação ISO 9001?

Para conseguir o certificado ISO 9001 é necessário implementar um Sistema de Gestão da Qualidade compatível com os requisitos da norma. Para facilitar essa implementação, o apoio técnico de uma Consultoria é, muitas vezes, indicado.

Consultores experientes vão ajudar a empresa a entender a norma, diagnosticar os requisitos que são, ou não, atendidos pela organização, definir e implementar planos de ações para a completa adequação. Além disso, após a implementação do SGQ, é necessária a realização de uma auditoria externa por um Órgão Certificador autorizado. A certificação só é concedida se, no processo de Auditoria Externa, for confirmado que a empresa realmente atende aos requisitos da norma.

Quais as vantagens em ter o selo ISO 9001:2015?

Existem diversos benefícios e vantagens da ISO 9001. Implementar um SGQ que segue a norma, contribui para a criação de uma visão e um planejamento estratégicos e também para a melhora da imagem da empresa no mercado. Outras vantagens são:

Organização: Mapeamento e padronização da documentação da empresa;
Gestão: Melhor gerenciamento dos processos, atividades e recursos da empresa;
Melhoria Contínua: Sistematização para tratamento e acompanhamento de problemas (não conformidades);
Satisfação do cliente: entendimento das suas demandas e avaliação da qualidade dos produtos e serviços;
Performance: indicadores e metas para avaliação da produtividade e da qualidade dos produtos e serviços.

Vale a pena certificar uma pequena empresa na ISO 9001:2015?

Apesar de ser muito comum ver a certificação de empresas de grande porte, isso não é um privilégio delas. Toda empresa, seja ela micro, pequena, média ou grande, pode buscar a certificação.

Para as micro e pequenas empresas, inclusive, a certificação tem se tornado um pré-requisito para alavancar os negócios, pois contribui para:

Tomada de decisão por meio indicadores e metas;
Processos mais efetivos e monitorados;
Participação em processos de cotação ou licitação de grandes empresas e/ou de órgãos públicos;
Possibilidade de expansão para mercado internacional.

Custo para a certificação ISO 9001

O Custo para a certificação pode variar, mas, normalmente inclui a contratação de um Órgão Certificador e de uma Consultoria para a Implementação do Sistema de Gestão, já que, geralmente, as empresas não dispõem internamente de um especialista apto a oferecer a assessoria técnica necessária para o processo.

No modelo de Consultoria presencial, a empresa conta com visitas programadas do Consultor para todo o processo – diagnóstico, implementação e Auditoria Interna. Embora tenha que arcar com os custos de logística e dependa da compatibilidade de agendas, para algumas empresas esse é o modelo ideal, em virtude da proximidade com o Consultor.

No entanto, muitas empresas têm optado pelo modelo de Consultoria On-Line, que nada mais é que o serviço realizado por uma equipe de Consultores Técnicos Especializados, porém, através de plataforma on-line.

Com a Consultoria On-Line as empresas reduzem custos consideráveis com logística do Consultor, já que todo o processo é mediado pela plataforma e a visita do Consultor acontece somente no final da implementação, para a realização de uma Auditoria Interna.

Além disso, a empresa ganha em flexibilidade, pois como a plataforma disponibiliza material orientativo (vídeos, apostilas, modelos de documentos) o processo pode ser implementado de acordo com o ritmo, a urgência e a disponibilidade da própria organização.

Onde e quem contratar?

No mercado de Consultoria há mais de 17 anos, a Verde Ghaia agora também oferece o serviço de Consultoria On-Line para certificação e manutenção nas normas ISO9001ISO14001OHSAS 18001ISO22000, e para a migração das normas ISO 9001:2015.

Consultoria On-Line conta com equipe multidisciplinar de Consultores, com destaque para o Consultor e Auditor Líder Integrado, Deivison Pedroza, que é responsável pela certificação de milhares de empresa em todo o Brasil.

Para mais informações sobre normas ISO e consultoria acesse:
Consultoria On-line Verde Ghaia

________________

Quer saber mais sobre a nova versão da norma?

Confira o material orientativo que a equipe de Consultoria Técnica e Jurídica da Verde Ghaia preparou:

E-BOOK ISO 9001:2015

 

e-book iso 9001 versão 2015 grátis


Blog VG