Por que é importante a avaliação da Conformidade para a economia?
×

Qual a relevância da Avaliação da Conformidade para a economia?

 

Você quer adquirir um novo computador. Embora já tenha em mente a configuração do equipamento que deseja, você não sabe qual é melhor loja para realizar a compra. Independente da sua atitude, você, provavelmente recorrerá aos seus dois melhores amigos, que dão as seguintes recomendações:

Amigo 1: “Vá na Loja X. O atendimento deles é mais ou menos, atrasaram muito a entrega da minha máquina, mas são baratíssisimos. Ah, eles não dão nota fiscal. Mas, se o produto der problema, eu conheço um técnico excelente, que conserta rapidinho e por um preço camarada.”

Amigo 2: “Recomendo a Loja Y. Atendem bem, entregaram o meu produto no prazo, oferecem assistência caso a máquina apresente problemas dentro do período da garantia. Embora, eu tenha pago mais caro, não tive dor de cabeça para resolver alguns problemas. Eles são bem ágeis e cuidadosos. São tão bons que no ano passado eles conquistaram o selo ISO 9001 de qualidade.”

E aí? Qual das lojas soa mais confiável? Pode até ser que a referência ao preço baixo da Loja X tenha chamado sua atenção. Mas, você, certamente não desprezou as informações negativas (como o não cumprimento do prazo de entrega e a ausência da nota fiscal).

Assim como você, o mercado como um todo também nutre uma série de expectativas a respeito de produtos e serviços oferecidos pelas empresas. Tais expectativas podem abranger vários critérios: qualidade, segurança, desenvolvimento ambiental, economia, confiabilidade, eficiência etc.

Não são poucas, as organizações que fazem o possível, para satisfazer o consumidor. No entanto, aquelas que possuem o selo ISO saem na frente, por estarem sempre atentas aos detalhes dos processos antes de chegar ao consumidor final.

Vamos falar de Gestão Acelerada?

Avaliação da conformidade: Qualidade – ISO 9001

Provavelmente você já conhece o conceito, mas não custa lembrar: ISO é a sigla para International Organization for Standardization, ou seja, Organização Internacional para Padronização. A ISO é uma entidade de padronização e normatização criada na Suíça em 1947 para promover o desenvolvimento de normas, testes e certificação, incentivando assim o bom comércio de bens e serviços.

Quando uma empresa conquista um selo ISO, ela prova publicamente que passou por uma auditoria confiável, a qual atestou o cumprimento de uma série de requisitos de normas, regulamentos e outras especificações, a chamada avaliação da conformidade. A avaliação da conformidade ajuda a assegurar que os produtos e serviços oferecidos por aquela empresa estão cumprindo aquilo que prometem ao seu público consumidor.

Entenda sobre avaliação da conformidade nos processos

Em alguns casos, quando a saúde pública,  a segurança ou o meio ambiente estão envolvidos, a avaliação da conformidade se torna legalmente obrigatória. É por isso, que temos órgãos fiscalizadores como o IBAMA, por exemplo.

Mas, mesmo quando o cumprimento de alguns requisitos não é obrigatório por lei, a avaliação da conformidade pode fazer grande diferença – não apenas individualmente nas empresas, mas para a economia como um todo. Veja só o que ela afeta:

Órgãos reguladores:

Eles se beneficiam da avaliação da conformidade porque elas são um recurso para auxiliar no cumprimento da legislação de saúde, de segurança e de meio ambiente. Quanto mais gente cumprir a legislação, melhores serão os índices de desenvolvimento das políticas públicas. A sociedade toda sai ganhando.

Comércio internacional:

A padronização de requisitos facilita a negociação entre diferentes países. Como as normas ISO são reconhecidas internacionalmente, elas funcionam como uma espécie de código conhecido no mundo inteiro, o qual deixa bem claro que aquela empresa que carrega o selo é confiável.

Na era da globalização, as “melhores práticas comerciais” são cada vez mais esperadas por todas as partes envolvidas, e isto inclui também os órgãos reguladores e governamentais, que buscam proteger seus cidadãos de produtos perigosos ou de qualidade inferior.

Sugestão de Leitura: Confira o passo a passo da implementação ISO 9001 e os benefícios da norma para o seu negócio

Consumidor:

O consumidor direto se beneficia imensamente também. Muitas vezes não percebemos, mas certificações de qualidade são extremamente importantes para nossa segurança. Um exemplo disso é o selo do INMetro.

Embora ele seja parte da autarquia federal (e portanto, reconhecido apenas em território brasileiro), é um selo que já se tornou bastante conhecido entre nossa população — você já deve ter visto o símbolo do órgão em vários produtos que consome. Se você dá um brinquedo ao seu filho pequeno, certamente espera que aquele brinquedo seja seguro e que não cause riscos, como asfixia, intoxicação ou outros acidentes.

É o INMetro que garante essa segurança através de testes dos produtos. O selo ISO tem esse mesmo peso, mas numa escala internacional e em diversos nichos.

Consideração Final

Como podemos ver, a avaliação da conformidade é uma atividade “de toda a sociedade”, pois não apenas garante a segurança do consumidor, como protege o meio ambiente, agrega valor à marca, estimula a constante melhoria de qualidade, fortalece o comércio interno, facilita e estimula o comércio exterior e propicia uma concorrência justa entre as organizações.

E você? Já sabe como aperfeiçoar seus processos e oferecer aos seus clientes produtos e serviços com a qualidade que eles esperam e ainda diminuir gastos desnecessários? Fale com um dos nossos consultores.

Será um prazer te ajudar a alcançar novos patamares em seu negócio. Fale conosco, atuamos há mais 20 anos no mercado nacional e internacional, temos uma equipe preparada para te orientar e ajudar.


Leia a matéria sobre o Prêmio Compliance Brasil e saiba como empresas renomadas como a Nestlé estão sempre a frente do seu tempo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *