Deivison Pedroza participa do Brasil de Ideias sobre a Reforma Tributária
×

Reforma Tributária em debate: mais uma edição do Brasil de Ideias


 

Reforma Tributária em debate: mais uma edição do Brasil de Ideias. Deivison Pedroza participa do Brasil de Ideias sobre a Reforma Tributária

Brasil de Ideias, junto com Revista Voto. Ouvindo os parlamentares: Rodrigo Maia, Marcel Van Hattem, Vinicius Poit, Jerónimo Coergen

 

No dia 16 de setembro aconteceu em São Paulo mais um ciclo do Brasil de Ideias, evento realizado pelo Grupo Voto e que contou com a participação de Deivison Pedroza, CEO e presidente do Grupo Verde Ghaia.

O Grupo Voto, importante e reconhecido veículo de comunicação do país, está completando 15 anos. Entre suas ações, destaca-se o Brasil de Ideias, considerado um dos mais expressivos fóruns de interlocução político-empresarial do país ao possibilitar a aproximação do setor público e setor privado para a retomada do crescimento do país. Neste ano, o encontro já foi realizado em Porto Alegre, Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro e contou, nas duas últimas edições, com a presença dos ministros Osmar Terra, do Ministério da Cidadania, e Onyx Lorenzoni, da Casa Civil.

Desta vez, o tema do encontro foi “A Força do Legislativo Frente às Reformas que o Brasil Precisa – Reforma Tributária”. Os convidados foram o presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ) e os deputados federais Marcel Van Hattem (NOVO-RS), Vinicius Poit (NOVO-SP) e Jerônimo Goergen (PP-RS). Para o debate com os parlamentares, além de Deivison, estavam presentes mais de 150 líderes empresariais, políticos e formadores de opinião. Todos foram unânimes em afirmar que a aprovação das reformas tributária e administrativa são de extrema relevância para o desenvolvimento do país.

Vamos conhecer os principais pontos discutidos nesta edição do Brasil de Ideias.

Ajuste de contas

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou que não alimenta a pretensão de ser presidente do Brasil, enquanto as contas públicas não forem organizadas.

Reforma Tributária será votada em 2019

Rodrigo Maia garantiu que a Câmara ou o Senado votam, ainda este ano, a Reforma Tributária. “As duas casas estão trabalhando no tema e nosso esforço é para votar em ambas até o fim do ano”.

Volta da CPMF?

O presidente da Câmara dos Deputados descartou a possibilidade da volta da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira, mais conhecida como CPMF. “[A volta da CPMF] não tem chance. Quem defendia a proposta não está mais no Governo. O Governo diz que não e o Congresso também diz que não”, afirmou.

Reformas Tributária e Administrativa devem caminhar juntas

Para Maia, se o Brasil não tiver coragem de fazer uma reforma administrativa junto à reforma tributária “será como enxugar gelo”.

O deputado federal Alexis Fonteyne concordou com Rodrigo Maia: “o sistema tributário brasileiro está todo distorcido. Ninguém sabe o quanto tem de tributo em um sapato, não temos nada de transparência. A reforma tributária é extremamente importante, acompanhada de uma reforma administrativa”. Ainda afirmou que se não for feito dessa forma, os custos existentes continuarão impedindo que os pequenos empresários possam empreender.

A opinião do deputado federal Jerônimo Goergen é a mesma dos outros parlamentares: “entendo que, se não aproximarmos os projetos que já estão tramitando no Congresso, não teremos uma boa reforma tributária. Além disso, precisamos de uma reforma administrativa andando paralelamente a isso”, apontou o deputado.

 Van Hattem e Poit concordaram e disseram que o principal intuito é simplificar o sistema tributário, por meio do IVA (Imposto Sobre Valor Agregado): “defendemos a proposta do IVA, que me parece mais coerente. Não podemos manter a corda sempre tencionada entre legislativo e executivo”, afirmou o deputado federal Vinicius Poit. “Precisamos simplificar o sistema tributário. Para reduzir os impostos e o tamanho do Estado, é preciso reduzir despesas. Nesse momento, temos as despesas travadas. Por isso o primeiro passo é simplificar”, defendeu o deputado federal Marcel Van Hattem.

A organizadora e responsável por este evento é Karim Miskulin. Na presença de Rodrigo Maia e ao final dos painéis dos deputados, Karim destacou que o país já avançou bastante com a aprovação da reforma da previdência, da Medida Provisória da Liberdade Econômica e com a perspectiva da reforma tributária, sendo que o presidente da Câmara, nas palavras dela, “teve um papel fundamental nisso tudo. Hoje temos um novo rumo e um norte para o nosso país. O senhor cresceu de forma absoluta em toda essa discussão”.

Por fim, Karim, para encerrar o evento, destacou que estamos em um momento muito importante para o Brasil: “esse é um momento de um novo Brasil, que errou muito no passado e não tem mais chance de errar. A nossa esperança está depositada em vocês, então, por favor, não desistam. E principalmente não desistam da reforma tributária, que é muito importante para o nosso país”.

Lançamento do Movimento Brasil de Ideias Mulheres Positivas

Durante o Brasil de Ideias foi lançado por Karim, junto com Fabi Saad, o Movimento Brasil de Ideias Mulheres Positivas. Ele é formado por mulheres que impactam a realidade social e econômica do Brasil e tem como objetivo o desenvolvimento do nosso país ao “gerar a interlocução do empresariado e lideranças femininas com o cenário político, além de criar uma nova cultura de protagonismo de mulheres no cenário público brasileiro”.

Deivison explica a relevância entre PICS e o Brasil de Ideias

Karim Miskulin, Deivison Pedroza, Rodrigo Maia, Marcelo Ramos, Wilson Ferreira.

 

O Pacto de Integridade e Compliance pela Sustentabilidade (PICS), conforme já apresentado pelo CEO Deivison Pedroza, no evento Prêmio Compliance Brasil, ele reafirma a importância do PICS como ferramenta para essencial na busca pelo Compliance efetivo. Para o CEO, o objetivo do PICS  é uma nova forma de se fazer gestão e garantir o crescimento das organizações de forma ética, íntegra e sustentável.

Através da parceria entre a Revista Voto e o Grupo Verde Ghaia, o Pacto (PICS) tem ganhado forças e sido bem recebido no Brasil de Ideias, além de ganhar elogios de vários setores governamentais e privados de todo o país.

Para o  CEO Deivison Pedroza é importante que tanto as empresas privadas quanto as públicas estejam envolvidas e comprometidas ao assumirem tais compromissos com o nosso país, unindo, de vez as forças entre o setor público e setor privado, visando um único objetivo: o desenvolvimento do Brasil.

 

Fonte: http://www.revistavoto.com.br/deputados-defendem-reformas-tributaria-e-administrativa/


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *