Correta Gestão de Resíduos

Categoria(s): EAD / Gerenciamento de resíduos / Meio Ambiente /
Avalie este post

As diferentes composições físicas, químicas e biológicas, as variações de volumes gerados em relação ao tempo de duração do processo produtivo, a potencialidade de toxicidade e os diversos pontos de geração na mesma unidade de processamento, recomendam que os resíduos sejam caracterizados, quantificados e tratados e/ou acondicionados adequadamente, antes da disposição final no meio ambiente. E é nesse ponto que a correta gestão de resíduos pode auxiliar as organizações.

O gerenciamento de resíduos deve basear-se em ações preventivas, preferencialmente as relacionadas às ações corretivas, e deve ter uma abordagem multidisciplinar, considerando que os problemas ambientais e suas soluções são determinados não apenas por fatores tecnológicos, mas também por questões econômicas, físicas, sociais, culturais e políticas.

Um programa de gerenciamento de resíduos deve utilizar o princípio da responsabilidade objetiva, na qual o gerador do resíduo é o corresponsável pelo seu correto tratamento e descarte (individual ou coletivo), mesmo após sua saída da indústria onde é gerado.

Neste contexto, um plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais visa estabelecer diretrizes e procedimentos gerais para o gerenciamento dos resíduos gerados na indústria, visando atender aos requisitos ambientais e de saúde pública, conforme legislação vigente.

Sendo assim, o gerenciamento de resíduos é definido como o conjunto de ações para identificar, quantificar, caracterizar, classificar, definir e manter critérios para coleta, manuseio, acondicionamento, armazenamento, transporte e disposição de resíduos sólidos.

O principal objetivo do gerenciamento de resíduos é minimizar os impactos negativos no meio ambiente. Tais impactos são decorrentes da geração dos resíduos e podem ser minimizados através de um gerenciamento eficaz em todas as etapas da gestão dos resíduos sólidos.

Etapas do Gerenciamento de Resíduos

Controle de Geração

Todo resíduo gerado é uma perda. A melhor ação sempre será não gerar o resíduo, o que nem sempre é possível. A minimização da geração de resíduos gera valor para a organização e para a sociedade.

Caracterização e Classificação

A caracterização é um processo através do qual determina-se a composição química de um resíduo e suas propriedades físicas, químicas e biológicas. Já a classificação é um processo que envolve a identificação da atividade que deu origem ao resíduo e de seus constituintes, as características e a comparação destes constituintes com a listagem de resíduos e substâncias cujo impacto à saúde e ao meio ambiente é conhecido.

Manuseio e Acondicionamento

Os métodos adequados de manuseio devem ser definidos e implementados para impedir que resíduos não perigosos sejam contaminados, evitar que os resíduos sejam expostos à intempéries, prevenir que resíduos ou líquidos escoem e atinjam o solo ou coleções hídricas e proteger a segurança e saúde daqueles que eventualmente se envolvam no manuseio dos resíduos. Já o acondicionamento correto dos resíduos sólidos consiste em armazená-los em recipientes padronizados, como contêineres, tambores, tanques ou a granel. Os recipientes devem ser compatíveis com o tipo de resíduo a ser contido e o equipamento utilizado para transportá-lo, além de ser isento de vazamentos.

Armazenamento

O armazenamento temporário é o local onde serão estocados os resíduos até que os mesmos recebam o destino e tratamento adequados. O local deve possuir uma infraestrutura que impeça o contato de resíduos perigosos com os resíduos não perigosos, proteja contra possíveis vazamentos que possam contaminar o solo e os lençóis freáticos. Por isso, deve possuir um sistema para drenagem dos percolados e prevenção contra acúmulo de gases.

Transporte Externo

O transporte externo deve respeitar os requisitos legais apropriados, haver uma adequação do veículo ao transporte, além de manutenção e conservação deste e capacitação dos condutores.

Disposição e Destinação Final

A escolha da forma de disposição depende, entre outros fatores, da caracterização e classificação do resíduo, custo da disposição, valor apurado com a venda do resíduo e potencial de geração de passivo ambiental no futuro. A destinação final deve ser feita de forma a eliminar ou minimizar os impactos ambientais.

Achou esse assunto importante para a sua empresa? Então aprenda tudo sobre ele com o curso Gerenciamento de Resíduos, desenvolvido pela Verde Ghaia.

Compartilhe:

        

Você sabe tudo sobre a Verde Ghaia?
Teste seus conhecimentos no quiz abaixo!


0 Comentários

Deixe o seu comentário!