Como realizar uma gestão para Riscos e Oportunidades - ISO 45001
×

Como realizar uma gestão de Riscos e Oportunidades – ISO 45001


 

Sua empresa já possui certificação na OHSAS 18001 e está buscando a certificação? É importante saber que a ISO 45001 substituirá a OHSAS 18001. E que as empresas terão um período de três anos para migração até início de 2021.

Ressalta-se que a maioria dos requisitos presentes na OHSAS 18001 são abordados na ISO 45001. Contudo, existem alterações significativas as quais a empresa deve se preparar para migrar. E assim, ficar em conformidade com a nova norma. E uma delas é a gestão de riscos e oportunidades.

Gestão de Riscos e Oportunidades

Gestão de Riscos e Oportunidades

É uma norma internacional e tem como objetivo garantir saúde e segurança ocupacional das pessoas que trabalham em nome da empresa. Foi elaborada com requisitos pautados principalmente com foco na gestão de riscos, avaliação de riscos, conscientização dos indivíduos envolvidos, melhoria contínua do sistema de gestão.

Foco em Gestão de Riscos

A ISO 45001, assim como a ISO 14001 e ISO 9001 publicadas em 2015 após revisão, incluem uma nova abordagem muito relevante: foco na gestão de riscos. E quando falamos em gestão de riscos, não é somente relacionada a perigos de SSO aos quais estávamos acostumados a mapear em função da OHSAS 18001.

Agora será necessário implementar uma gestão de riscos como um todo. Relacionada-as às diversas questões que impactam ao sistema de gestão de SSO. Abordaremos sobre essa questão a seguir. O objetivo é garantir melhores resultados de forma preventiva! Bem como buscar por melhoria do desempenho do sistema de gestão.

Anexo SL, e o requisito de riscos e oportunidades

Para facilitar a integração entre os sistemas de gestão, foi adotada nas normas recentes da ISO a mesma estrutura chamada Anexo SL, que apresentam requisitos de 1 ao 10. Neste artigo, falaremos sobre o requisito 6.1 Ações para abordar riscos e oportunidades para sistema de gestão de SSO, e o que deve ser considerado.

1. Escopo
2. Referências Normativas
3. Termos e Definições
4. Contexto Organizacional
5. Liderança
6. Planejamento

6.1 Ações para abordar riscos e oportunidades
6.2 Objetivos de SSO e planejamento para alcançá-los

7. Recursos
8. Operação
9. Avaliação de Desempenho
10. Melhoria

Planejamento: detalhes que influenciam no resultado

A implementação do sistema de gestão de SSO deve ser considerada estratégica e operacional. Portanto, o sucesso depende de liderança, compromisso e participação de todos os níveis e funções da organização. Incluindo os diversos fatores chaves abordados na norma. Para garantir uma implementação de sistema de gestão SSO bem-sucedida, apenas a adoção do documento não garante o resultado.

O nível de detalhe e a complexidade, a extensão da informação documentada, os recursos necessários para assegurar o sucesso do sistema de gestão de SSO de uma organização vão depender de uma série de fatores, tais como:

* o contexto da organização considerando questões internas e externas. Por exemplo, número de trabalhadores, tamanho, geografia, cultura, requisitos legais e outros requisitos;

* o escopo do sistema de gestão de SSO;

* a natureza das atividades da organização e os riscos relacionados à SSO.

Portanto, quanto mais detalhar na fase de Planejamento, no levantamento de riscos e oportunidades e respectivas ações, melhor será o desempenho do sistema de gestão!

Informação documentada

A organização deve manter informação documentada, Isto é, documentos e registros, relacionada a riscos e oportunidades, assim como processos e ações necessários para determinar e abordar seus riscos e oportunidades. Tudo conforme a necessidade de assegurar que as informações documentadas são realizadas conforme planejado.

Como considerar a Gestão de Risco e Oportunidade

De acordo com a norma, na fase de planejamento deve-se determinar e avaliar riscos e oportunidades que são relevantes para os resultados e à melhoria contínua do sistema de gestão de SSO, associados aos seus processos ou ao sistema de gestão de SSO, e às mudanças na organização. Deve-se considerar, por exemplo:

1. questões referidas em 4.1 (contexto da organização);
2. requisitos referenciados em 4.2 (partes interessadas);
3. requisitos referenciados em 4.3 (escopo do seu sistema de gestão de SSO);
4. perigos (ver 6.1.2.1);
5. riscos de SSO e outros riscos (ver 6.1.2.2);
6. oportunidades de SSO e outras oportunidades (ver 6.1.2.3);
7. requisitos legais e outros requisitos (ver 6.1.3).

Como abordar riscos e oportunidade em cada item?

A empresa deve determinar os riscos e oportunidades com base nas informações geradas conforme cada item abaixo:

Item 4.1 – Contexto da Organização: para o contexto da organização, é necessário levantar as questões internas e externas. Uma das formas é avaliar pela Análise SWOT (questões internas: pontos fortes e fraquezas; questões externas: oportunidades e ameaças), e com base nesse levantamento determinar os riscos e oportunidades.

Item 4.2 – Partes Interessadas: quanto a partes interessadas, deve-se levantar quem são e quais necessidades e expetativas possuem, e quais se tornam requisitos, ou seja, são relacionadas a requisitos legais e outros.

Item 4.3 – Escopo: Após escopo definido, deve-se avaliar os limites e a aplicabilidade considerados para sistema de gestão de SSO.

Item 6.1.2.1 – Perigos: deve-se implementar processo de identificação de perigos de forma proativa e contínua, considerando todos os aspectos relacionados no item 6.1.2.1, mas não limitando-se aos exemplos da norma: como o trabalho é organizado, fatores sociais, liderança e cultura da organização; atividades e situações de rotina e não rotineiras; incidentes anteriores relevantes; potenciais situações de emergência; pessoas no local de trabalho e vizinhança; questões relacionadas a situações não controladas e mudanças, e muitas outras questões como estabelecido na norma.

Riscos e Oportunidades relacionados a SSO

É possível que os riscos e oportunidades relacionados a SSO e requisitos legais e outros, resultem em outros riscos e outras oportunidades para a organização.

Item 6.1.2.2 – Riscos de SSO e outros riscos: implementar e manter sistemática para avaliar os riscos de SSO relacionados aos perigos identificados, determinar e avaliar os outros riscos relacionados ao sistema de gestão de SSO. Bem como, determinar uma metodologia e os critérios da organização para a avaliação dos riscos;

Item 6.1.2.3 – Oportunidades de SSO e outras oportunidades: implementar e manter uma sistemática para avaliar as oportunidades relacionadas: aos processos ou atividades, políticas e mudanças planejadas da organização; à melhoria do ambiente de trabalho, à eliminação de perigos e redução de riscos e outras que influenciam na melhoria do sistema de gestão de SSO, bem como seu desempenho.

Item 6.1.3 – Requisitos legais e outros requisitos: implementar e manter uma sistemática para determinar e ter acesso aos requisitos legais e outros requisitos aplicáveis à organização relacionados a SSO (perigos e riscos identificados, e sistema de gestão como um todo).

Após determinar os riscos e oportunidades relacionados a todos esses aspectos, deve-se avaliar de acordo com uma metodologia a ser definida pela empresa, e definir as ações conforme resultado. Importante lembrar que para mudanças planejadas, permanentes ou temporárias, esta avaliação deve ser realizada antes da mudança ser implementada, ou seja, deve constar evidências (registros) que foram identificados e avaliados os riscos e oportunidades antes da mudança ocorrer.

Um sistema de gestão de SSO, portanto, será mais efetivo e eficiente ao tomar medidas antecipadas para abordar riscos, agindo em caráter de prevenção na fase de planejamento. Além de abordar as oportunidades que melhorem o desempenho de SSO.


Tassiana Vecchio Ribas
Consultora de Sistema de Gestão Integrado
Engenheira Ambiental e Segurança do Trabalho


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *