Por que implementar gestão 4.0 nos processos da empresa?
×

Gestão 4.0: Saindo da zona de conforto em 30 horas

 

Na semana de 22 a 24 de Outubro, participei com um grupo de CEOS do Curso Gestão 4.0, foram 30 horas de imersão, tirando todos nós das nossas zonas de conforto. Isso mesmo! Eu sai da minha zona de conforto em 30 horas. Logo eu, que acreditava estar sempre antenado e conectado ao mundo digital!

Eu demorei para escrever sobre essa experiência para vocês porque, em plena segunda-feira, 8 horas da manhã, lá estava eu na Verde Ghaia, cuja empresa fundei há 20 anos, na qual sou CEO e Presidente, estava ansioso para implementar todas as ideias inovadoras que aprendi naquelas 30 horas. Não sabia o que era cansaço nem limites. Eu só sabia, que tudo é possível.

Por que implementar gestão 4.0 nos processos?

Você deve estar pensando qual foi o aprendizado daqueles dias. Bom, como falei no post anterior, o curso Gestão 4.0 foi criado pelos grandes influenciadores do mercado atual: Tallis Gomes, Alfredo Soares e Bruno Nardon. Este curso tem como objetivo unir gestores, líderes e fundadores de empresas e prepará-los para as transformações que a inovação e a tecnologia trazem aos negócios, através de teoria, discussões e mentoria.

Sendo bem sincero com vocês, eu cheguei lá com uma expectativa bem pequena. Eu acreditava que eu já sabia, praticamente, tudo o que fosse ouvir, que não haveria tantas novidades para mim, que talvez iria ouvir mais do mesmo. E eu pensando que estava perdendo meu final de semana com a minha família. Quanto prepotência e arrogância. Eu estava muitíssimo enganado! E fiquei feliz, por isso. Foi um aprendizado incrível, falamos de experiência do usuário, fidelização, de gerentes com gestão de líderes, de projetos interdisciplinares, de mente menos departamentalizada.

O que é necessário não é a vontade de acreditar, mas o desejo de descobrir!

Eu me inscrevi para o curso mais por curiosidade, mesmo. E ao ser selecionado para participar desse grupo de CEOs, pensei: “bom, vamos ver como será, vamos descobrir se há algo de novo, nisso tudo! Embarquei para São Paulo, um pouco desmotivado, por pensar que não traria nada de novo para os negócios. Sai de Belo Horizonte com a frase de Bertrand Russel, na cabeça, “o que é necessário não é a vontade de acreditar, mas o desejo de descobrir, que é justamente o oposto”. E foi justamente isso, que ia descobrir no Curso Gestão 4.0.

Lá, fui surpreendido positivamente. No início quebrou um pouco a expectativa, pois o grupo era, em sua maioria, jovens empresários de sucesso, que já administravam empresas cifrões na casa dos 07 dígitos. E que estavam ali, para aprender mais e recriar o próprio negócio. Percebi que esses jovens queriam que seus negócios crescessem de forma constante e sustentável através de ferramentas práticas.

Quem são os Mentores do Curso Gestão 4.0?

Além de um grupo jovem e seleto, os criadores do Gestão 4.0, também eram jovens e já haviam fundado empresas milionárias do zero. Vamos conhecer um pouco sobre esses mentores!

Dennis Wang, ex-presidente da Easy Taxi, é o novo VP de Operações do Nubank no qual trabalha com relacionamento ao cliente para otimização das operações. Sua proposta é garantir o crescimento da empresa, visando as melhorias na experiência do usuário.

Wang é formado em Administração Pública da FGV, sempre atuou em Bancos de investimento de prestígio, sua atuação na área financeira lhe rendeu o mérito de transformar uma startup brasileira em uma empresa global, o Easy Taxi. Dennis Wang tem uma percepção ampla dos negócios, não apenas do ponto de vista financeiro e de investimentos, mas também de criatividade e inovação focada na experiência do usuário.

Tallis Gomes foi reconhecido como uma das 30 pessoas mais influentes do mundo pela Forbes ’30 under 30′, eleito pelo MIT como um dos jovens mais inovadores do Brasil, é Young Leader of the Year nos Estados Unidos pela Latin Trade. Ele também foi Empreendedor do Ano, por dois anos consecutivos, pelo João Doria no LIDE, Entrepreneur of the Year pela Younsei University na Coreia do Sul. É considerado pela revista Galileu como uma das 25 pessoas mais influentes da internet brasileira. Ele fundou a Easy Taxi, a escalou para 35 países em quatro continentes e depois a vendeu como uma das maiores negociações do Brasil. Hoje, é confundador e CEO da Singu, o maior marketplace de beleza e bem-estar do Brasil e mentor do Curso Gestão 4.0.

Alfredo Soares criou uma empresa do zero, a XTECH Commerce, e vendeu por R$ 14 milhões em apenas 3 anos. Alfredo, um dos principais especialistas na área e também em e-commerce do Brasil, está propondo um novo modelo de vendas. Tornou-se referência nesse tema, sendo autor do best-seller “Bora vender”, que já está indo para a sua quinta edição. Eu sempre fui vendedor, mas depois de ouvir o Alfredo, aprendi inúmeras outras técnicas e estratégias. Simplesmente fantástico.

Bruno Soares também foi muito sábio em suas apresentações, tendo mais de dez anos de experiência em tecnologia e startups, aplicando metodologia de crescimento ágil e sustentável. Nardon é cofundador da Rappi Brasil e Kanui. A Rappi é hoje o maior aplicativo de delivery on-demand e hiper-conveniência da América Latina, avaliada em mais de 3 bilhões de dólares. Ou seja, um unicórnio. A Kanui é um e-commerce de moda, estilo de vida e produtos esportivos. Em 2 anos e meio levou a empresa de zero a milhões de pedidos, fazendo a sua fusão com a Dafiti em 2015, tornando este grupo o maior e-commerce de moda na América Latina.

Aprendizados adquiridos com a Gestão 4.0

Com Tallis, eu aprendi que um time de sucesso é formado por grupos pequenos, que uma gestão baseada em tecnologia é o que permite crescer de forma exponencial, que a busca pela simplificação do complexo vai fazer com que eu obtenha resultados melhores e que eu, como CEO, tenho que dedicar mais meu tempo para criar um sistema horizontal de gestão que me permita resolver problemas específicos e a encontrar estratégias para que minha empresa continue crescendo.

Com Bruno aprendi que resiliência é essencial pra enfrentar os problemas do dia a dia, e que há muitas estratégias de crescimento para serem aplicadas no negócio a fim de achar as pequenas lacunas ou os primeiros problemas que ninguém vê.

Falando sobre gestão, troca de experiência e conhecimento, lembrei-me sobre o Mito da caverna de Platão. Esse final de semana, realmente me tirou da zona de conforto que me levou a refletir a minha vivência na própria Gestão 4.0. Digo isso, porque, quando estamos em nossa zona de conforto, é como se vivêssemos na caverna, criada por nós mesmos, que aparentemente, apresenta-se segura. Mas, que na verdade, somente nos aprisiona e nos dá a falsa sensação de segurança, pois se ficarmos expostos em algum momento, o que iremos fazer? Não temos vivências, experiência se nem conhecimento do que está lá fora!

Saindo da Zona de Conforto

E é nesse momento, que vemos apenas o senso comum, ou seja, acreditamos apenas na verdade absoluta, nos que os outros pensam e dizem, naquilo que nos acomoda e até no que nos causa medo. Então, pensamos que é melhor ficar no “ruim” a tentar o desconhecido. Esta é nossa zona de conforto, a qual se posiciona bem convidativa e segura para aqueles que não querem repensar seu comportamento, suas atitudes, ações e reações.

Quem consegue sair da zona de conforto tem a opção de voltar para ela e para tudo com o que havia se acostumado, ou pode se esforçar para começar a viver a sua nova realidade. E assim, realmente mudar. Eu achava que estava fora da minha caverna. Mas, nunca estive tão errado. Três jovens me mostraram que havia muito mais do que eu já havia estudado na vida, que mesmo com pouca idade é possível ter bastante experiência, e que temos que fazer o diferente sim, mesmo se existir medo ou receio. “Feito é melhor que perfeito”, como já afirma Tallis.

Então, foram 30 horas que me provocaram a sair da minha caverna. Eu deixei a zona de conforto e decidi que nunca mais voltaria ali, nem para fazer visitação. Saí muito mais motivado. Não vou dizer que absolutamente tudo o que aprendi foi novidade. Não foi! Mas, foi por uma perspectiva não pensada, o qual gerou insights e novos desafios.

O que superou todas as expectativas, foi unir o meu conhecimento adquirido com minha experiência de vida e de negócio, com as novidades e ensinamentos trazidos pelos jovens talentos do gestão 4.0.  E, a partir daí, perceber que ainda há muita ação a ser realizada para ir muito mais além. Alcançar o inimaginável!

Portanto, o que quero te dizer hoje, é para nunca achar que você já sabe tudo e nunca acreditar que você não pode aprender. Saiba, que algumas horas, com as pessoas certas, podem transformar a sua vida!

Então, entendeu porque você deve implementar Gestão 4.0 nos processos da empresa?

Deivison Pedroza – CEO e Fundador do Grupo Verde Ghaia


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *