Como monitorar Requisitos Legais com Inteligência Artificial?
×

Inteligência Artificial para Monitorar Requisitos Legais

 

A LIA e a importância da inteligência artificial para uma empresa

“Acreditamos que é sempre possível inovar”. Esse é um dos valores seguidos à risca pela Verde Ghaia. E por acreditar tanto em inovação, por estar atenta às novas mudanças e exigências do mercado e por querer que seus clientes alcancem sempre os melhores resultados, foi lançada a LIA, a Legislação com Inteligência Artificial.

A LIA definitivamente veio para cumprir tudo o que promete. Mas antes de falar especificamente sobre o que é a LIA e como ela é capaz de colocar sua empresa na vanguarda da inovação, vamos entender a importância de utilizar a inteligência artificial (IA) no meio empresarial.

Por que utilizar IA no mundo dos negócios?

A inteligência artificial não é o nosso futuro. Ela já é o nosso presente. Veja por exemplo, o estudo publicado em 2018 pelas companhias Asgard e Roland Berger, denominado “Cenário Global da Inteligência Artificial”. Nele é mostrado que os Estados Unidos possuem 1.393 empresas que se dedicam exclusivamente à IA. Em seguida vem a China. E o Brasil ocupa a 17ª posição no ranking. Nada mal para o nosso país, não é mesmo?

Por isso que, se hoje vivemos na era digital, tecnológica e de grandes volumes de informações, em que não há mais fronteiras de tempo e espaço e a hiper conectividade está cada vez mais consolidada, é claro que o desenvolvimento de máquinas inteligentes se tornou uma realidade inegável. E necessária.

Mas, por que a LIA?

Bom, se você pode realizar seu trabalho de forma muito mais rápida, por que não fazer isso? Por que continuar buscando maneiras de otimizar seu tempo em 10%, quando uma máquina pode otimizar em 80%, e fazer assim com que sobre mais tempo para você poder se dedicar ao que realmente importa?

Por que dar margem para erros quando você pode evitá-los completamente ao deixar uma máquina realizar análises complexas para você, dia e noite, sete dias por semana?

Por que não contar com ajuda especializada para tomadas de decisão estratégicas em sua empresa? Uma ajuda que seja capaz de olhar toda a sua organização e em questões de segundo dar uma resposta assertiva do que poderia ser feito, ou oferecer alternativas para que você decida o que for melhor?

Esses são alguns exemplos do que a IA pode oferecer a uma organização. E não pense que IA são aqueles robôs maus dos filmes que vão tomar o lugar dos humanos e dominá-los. Caso isso possa vir a acontecer, aí já é assunto para um outro texto.

Presença da Inteligência Artificial

A IA está presente em várias situações no seu dia a dia. Geralmente quando se fala de IA ela logo é relacionada com chatbots, aqueles softwares de trocas de mensagens. Podemos pensar também na Siri, da Apple, ou na Lu, do Magazine Luiza ou ainda na Bia, do Bradesco.

A inteligência artificial que falamos aqui é o ramo da ciência da computação que se propõe a elaborar e construir mecanismos e/ou dispositivos que simulem a capacidade humana de pensar, raciocinar, solucionar problemas, tomar decisões, processar dados e otimizar processos.

A IA pode estar também no corretor ortográfico do seu celular, nas sugestões que você vê quando deseja comprar um produto em algum site como o da Amazon, no GPS que você utiliza em seu veículo, no reconhecimento facial do Facebook, naqueles robôs que ajudam na exploração do petróleo ou no meio do mar ou robôs auxiliares para desempenhar quaisquer outras atividades, em alguns processos médicos para oferecer diagnósticos e fornecer o melhor tratamento para os pacientes, entre tantos outras aplicações possíveis.

Mas há outras formas de IA, e são essas que, além de oferecer uma melhor experiência para o usuário, realmente podem gerar resultados nos negócios, revolucionando toda a maneira de gerir uma organização.

A LIA é uma dessas IA. Vamos conhecê-la melhor.

LIA: Legislação com Inteligência Artificial

A LIA, ou Legislação com Inteligência Artificial, é a mais recente inovação lançada pela Verde Ghaia. E que inovação! Ela é a primeira robô da empresa, lançada em 24 de outubro, que está em processo de aprendizagem para desenvolver a inteligência cognitiva e preditiva.

Estes dois tipos de inteligência estão diretamente ligados à IA. A inteligência cognitiva permite que a LIA aprenda a pensar, a entender sobre abstrações, a memorizar, a usar linguajar adequado e até mesmo a ser capaz de resolver problemas, podendo usar inclusive a criatividade na busca pelas melhores soluções.

Por sua vez, a inteligência preditiva permite que a LIA consiga adequar a abordagem do seu negócio de acordo com as ações dos seus colaboradores, clientes e até mesmo concorrentes. Ou seja, ela consegue usar modelos matemáticos que ajudam a prever probabilidades de riscos, por exemplo. Ela também pode interpretar dados de forma complexa e apresentar uma base de previsões, para que você tenha toda a segurança em avaliar os possíveis riscos e tomar a decisão de qual caminho seguir.

Não é à toa que a LIA veio para mudar completamente a forma como se realiza a Gestão em Compliance baseado no atendimento de requisitos legais, normas técnicas, diretrizes corporativas e outros requisitos. Ela é a plataforma mais moderna e inteligente existente hoje no país capaz de apresentar dados estratégicos para as tomadas de decisão empresariais.

Por meio da LIA, as exigências legais são referenciadas em todos os requisitos legais que a mencionam, extinguindo a repetição das obrigações e condensando as informações de forma clara e assertiva aos clientes. Além disso, são classificadas cada exigência legal, conforme sua natureza ou tipo: inspeção, licenças e autorizações, laudos, programas, planos e prontuários e gestão de fornecedores críticos.

Benefícios da IA para monitorar os Requisitos Legais?

Alguns benefícios que a LIA traz para uma organização são:

  • Melhor experiência para o usuário;
  • Captação de leis e monitoramento dos requisitos legais através de IA;
  • Identificação dos riscos associados a essas legislações que precisam ser atendidas;
  • Custos de prevenção e custos de correção em seu dashboard;
  • Otimização do atendimento às leis;
  • Fortalecimento da segurança jurídica;
  • Dados estratégicos que facilitam a tomada de decisão;
  • Precisão e acerto;
  • Análise dos riscos;
  • 80% menos trabalho para usar o seu tempo com o que realmente importa.

E ainda tem muito mais, que fica até difícil falar em um artigo só. Por isso, se você ficou interessado e quer conhecer melhor a LIA, clique aqui, ou entre em contato com nossos consultores que eles vão explicar como você pode ter acesso a todos os benefícios dessa IA também em sua organização.

Não tenha medo de inovar!

Venha conhecer a LIA para descobrir um novo mundo! Fale conosco e agende uma apresentação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *