×

História sobre Auditoria de Sistemas de Gestão – ISO 19011


 
História sobre Auditoria de Sistemas de Gestão – ISO 19011
5 (100%) 5 vote[s]

Histórico da ISO 19011.A NBR ISO 19011 foi elaborada, analisada, aprovada e emitida em substituição das NBR ISO 10011 e suas partes que descreviam as diretrizes para realização de auditorias no sistema de gestão da qualidade e também em substituição da NBR ISO 14011 e NBR ISO 14012 que determinava as diretrizes para realizar auditorias em sistema de gestão ambiental.

Antigamente, cada sistema de gestão possuía a sua norma que descrevia as diretrizes para auditorias. A área da gestão da qualidade possuía as suas normas sobre este assunto e a área de gestão ambiental possuía outras normas determinando os mesmos assuntos.

Acontece que o mercado iniciou a integração dos sistemas de gestão da qualidade com a gestão ambiental e duas normas distintas tratando o mesmo assunto se tornou obsoleta. Então a ISO emitiu a ISO 19011 que compilava as diretrizes de auditorias para os dois sistemas. Assim as auditorias, que já estavam sendo realizadas de forma integrada, passam a ser gerenciadas por um processo baseado em uma única norma.

Com a emissão desta norma NBR ISO 19011 as normas NBR ISO 10011 e NBR ISO 14011 foram canceladas e substituídas. Tornando a gerencia das auditorias mais simplificada e fornecendo uma literatura mais enxuta. Facilitando assim, a coordenação das etapas de uma auditoria, tanto para sistema de gestão da qualidade quanto para sistema de gestão ambiental.

Princípios das Auditorias

As pessoas têm a tendência de interpretar as auditorias como se fossem uma investigação policial. A palavra “auditoria” remete às pessoas um estado de defesa, de auto preservação, de proteção de suas ações, comportamentos e práticas.

Acontece que este sentimento de proteção não é saudável para as auditorias de sistema de gestão, visto que o objetivo das auditorias não é o de investigação policial que busca por CULPADOS. Auditoria é um exercício, que deve ser sistematizado, cuja proposta é de verificar se os elementos que compõem o sistema de gestão estão implementados e se esses elementos precisam ser melhor trabalhados.

Os resultados das auditorias direcionam esforços aos pontos necessários, ou seja, mostram as organizações quais pontos precisam de mais atenção e cuidado para que os patamares recomendados sejam alcançados. Se as auditorias não são realizadas de forma correta, estes esforços são mal direcionados e o sistema de gestão implementado pode se tornar ineficaz.

Para garantir que o processo de auditoria transcorra da forma ideal, devemos nos basear em alguns princípios.

A aderência a estes princípios tornam a auditoria uma ferramenta eficaz e confiável cujas informações sobre a organização podem agir para melhorar seu desempenho. Dentre os princípios podemos citar:

  • Conduta ética (confidencialidade, discrição, integridade – o fundamento do profissional);
  • Apresentação justa (veracidade e exatidão);
  • Devido cuidado profissional (disciplina com o plano e com a diligência);
  • Independência (imparcialidade);
  • Abordagem baseada em evidências (fatos e dados devem basear as conclusões);

Implementação da Norma ISO 19011

A norma ISO 19011 é aplicável a qualquer tipo de organização independente do seu tamanho, bem como em organizações com fins lucrativos e em organizações sem fins lucrativos. Portanto, a NBR ISO 19011 pode ser aplicada às industrias, em comércios, em instituições de ensino, em prestadoras de serviços, em instituições públicas ou governamentais, em ONG’s, dentre outras.

Quando qualquer tipo de organização que desejar implementar uma rotina de auditorias internas ou externas de sistema de gestão da qualidade e/ou ambiental e/ou gerenciar programas de auditorias poderá utilizar esta norma como padrão a ser seguido.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *