×

Segurança de Alimentos: Interesse de todos


 
Segurança de Alimentos: Interesse de todos
5 (100%) 2 vote[s]

A NBR ISO 22000:2006 – Sistemas de Gestão da Segurança de Alimentos é uma norma internacional auditável, que estabelece os requisitos para um sistema de gestão da segurança de alimentos. Qualquer organização envolvida no setor de alimentos precisa demonstrar sua habilidade em controlar perigos e riscos, com o objetivo de garantir que o alimento esteja totalmente seguro no momento do consumo humano. Afinal, a segurança na hora de ingerir alimentos é de interesse de todos, essencial para que problemas de saúde ocasionados por produtos contaminados ou estragados sejam evitados.

Produtores Diretos e Organizações Envolvidas Indiretamente

Os requisitos desta norma são genéricos e podem ser aplicados em qualquer elo da cadeia produtiva de alimentos, tanto para os produtores diretos quanto para as empresas que atuam indiretamente na fabricação de alimentos.

São considerados produtores diretos: agricultores, pecuaristas, produtores de alimentos para animais, fabricantes de insumos e ingredientes, indústria de alimentos, distribuidores, serviços de alimentação e catering, varejistas, organizações fornecedoras de serviços de limpeza e sanitização, serviços de transporte, armazenagem e distribuição.

Já as organizações envolvidas indiretamente consistem em: fornecedores de equipamentos, produtos para higienização, embalagens e outros materiais que entram em contato com os alimentos.

A Norma ISO 22000 é a responsável pela especificação dos requisitos que permitem as organizações:

– Planejar, implementar, operar, manter e atualizar o sistema de gestão da segurança de alimentos, de modo que seja possível fornecer produtos, de acordo com seu uso intencional, devendo estes estar seguros para o consumidor;

– Demonstrar conformidade com os requisitos estatutários e regulamentares aplicáveis à segurança de alimentos;

– Avaliar e estimar as solicitações dos clientes e demonstrar conformidade com os requisitos, mutuamente acordados, relativos à segurança de alimentos, na intenção de aumentar a satisfação dos clientes;

– Comunicar, efetivamente, assuntos da segurança de alimentos aos seus fornecedores, consumidores e outras partes interessadas;

– Assegurar que a organização esteja em conformidade com a política da segurança de alimentos estabelecida;

– Demonstrar tais conformidades às partes interessadas;

– Buscar a certificação do sistema de gestão da segurança de alimentos por uma organização externa.

Relação de confiança entre fornecedor e consumidor final

É necessário que a organização demonstre sua habilidade em controlar os perigos à segurança dos alimentos, a fim de assegurar que este mantenha-se seguro até o momento em que for ser ingerido pelas pessoas. Assim, é possível estabelecer uma relação de confiança entre o fornecedor e o consumidor final.

A organização deve se preocupar com a produção de alimentos que sejam seguros para o consumidor. Sendo de responsabilidade desta estar de acordo com as especificações acordadas. Ou seja, toda a produção deve estar conforme o planejamento, a implementação, a operação, a manutenção e a atualização do sistema de gestão da segurança de alimentos, contando com o apoio dos requisitos e normas ou legislação aplicáveis.

Segurança de Alimentos é questão de saúde e deve ser preocupação de todas as empresas do ramo alimentício. Para tornar o processo de compreensão da norma mais fácil, os especialistas da Verde Ghaia elaboraram o Curso ISO 22000:2006 – Gestão de Segurança de Alimentos, com tudo que você precisa saber!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *