Nota de Solidariedade e Esclarecimento do Grupo Verde Ghaia
×

Nota de Solidariedade do Grupo Verde Ghaia


 

Nota de solidariedade e esclarecimento sobre o rompimento da barragem em Brumadinho

O Grupo VERDE GHAIA em nome de todos seus colaboradores diretos e indiretos, vem, através da presente nota, prestar o mais sincero pesar pelas vítimas fatais e nossa solidariedade a todos os familiares e demais atingidos pelo rompimento de uma barragem da empresa Vale S.A, em Brumadinho – MG.

O rompimento da Barragem B1 do complexo minerário da Mina do Córrego do Feijão causou o derramamento de lama, estima-se 13 milhões de metros cúbicos, proveniente de rejeito do processo minerário, atingindo toda a área administrativa, bem como refeitório da empresa. A extensão do dano não se limitou apenas a área de propriedade da Vale, como também atingiu pousada e comunidades da região. A lama desembocou em um afluente do rio Paraopeba, na Bacia do Rio São Francisco, onde o empreendimento está situado. Até o momento, de acordo com a Defesa Civil e Corpo de Bombeiros de MG o ocorrido já deixou 60 mortos e estimam-se ainda 292 o número de desaparecidos.

Além das ações emergenciais que estão sendo tomadas pelas autoridades no que se refere a busca por sobreviventes e a atenção às famílias das vítimas, deve-se, no momento adequado, realizar uma profunda e comprometida investigação sobre as causas do ocorrido e, caso tenham responsáveis, que os mesmos sejam devidamente punidos.

Ainda é prematuro para  afirmar se o ocorrido, tratou-se de uma tragédia ou um crime, no entanto, todo o Grupo Verde Ghaia ressalta a importância, não apenas de que se tenham legislações mais rígidas, como também que estas sejam devidamente fiscalizadas por órgãos competentes, incluindo neste esteio além dos órgãos ambientais, mas também os de saúde e segurança do trabalho, e que todos eles em harmonia façam prevalecer uma gestão de riscos devidamente eficaz.

Deivison Pedroza – CEO do Grupo Verde Ghaia.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *